45 3039.5888

VOLTAR

Diagnóstico

Você está em:
Home » Câncer » Diagnóstico

Quando há suspeita de um tumor, os médicos de todas as especialidades devem adotar estratégias que permitam formular o diagnóstico correto. Não raros pacientes são encaminhados ao COOP com exames que sugerem a presença de um tumor sem que se tenha de fato a comprovação de sua existência. Salvo raríssimas exceções, todo o diagnóstico de câncer, é dado através da retirada de uma parte ou de todo o material/tecido lesado. O diagnóstico de câncer só pode ser afirmado com precisão depois do exame de alguma parte da lesão ou toda ela. Esse diagnóstico geralmente é dado por meio de um exame denominado anatomopatológico, que consiste na fragmentação do tumor em filetes microscópicos , analisados por outro médico, chamado patologista. Esse médico firma ou exclui o diagnóstico de câncer. Caso seja atestado a exclusão, o mesmo levanta outras possibilidades não oncológicas para aquele caso. Se for confirmado, além de dar o diagnóstico, ele começa a fornecer pistas quanto à agressividade e extensão da doença, o que permite traçar a melhor conduta cirúrgica, quimioterápica e/ou radioterápica.